Poemas de Wolodymir Boruszewski

Traducidos por A. P. Alencart VOZES Enquanto sou um sujeito Sujeito a meus predicados Não reparo em meus defeitos Nem reparo meus pecados Viro artigo indefinido Ponto de interrogação Mudo o Verbo de sentido Em advérbio de negação As obras sem fé são quase Oração sem o Verbo é frase O ganho do chão é perda No fim a sentença […]